Lucasoou

Lucasoou
No blog do Lucasoou, você encontra os seguintes assuntos:

* Vídeos Motivacionais:
* Liderança
* Trabalho em Equipe
* Feedback
* Amizade
* Confiança
* Mundança Interna
* Desenvolvimento Pessoal
* Atitude
* Sucesso, Excelência
* Densenvolvimento de Projeto
* Criatividade
* Assédio Moral e outros ...

Seguidores

sábado, 9 de janeiro de 2010

O CARISMA

video

sábado, 24 de outubro de 2009

Teste " A FUGA "


Material: Caneta e papel.


Dificuldade: Difícil.


Objetivos:



  • Aprender a tomar decisões.

  • Favorecer a compreensão de textos.

  • Buscar alternativas e soluções para um problema.

Desenvolvimento: Deve-se desenvolver uma situação imaginária difícil (como sair de uma cela onde se está preso) para a qual existem diversas opções, mas apenas uma é a correta e será descoberta aplicando a lógica. Se escolher outra, sofrerá as consequências. No caso de não achar a solução, quando a pessoa estiver muito desorientada pode-se dar uma pequena dica.


Um amigo nosso foi para um país da África e teve a péssima idéia de ir colher tâmaras da palmeira real, a coisa mais proibida no país. Ele foi pego e condenado a duzentos anos de reclusão na prisão de máxima segurança do reino.


A prisão tinha quatro saídas, todas conectadas com a cela e cujas portas sempre estavam abertas. Agora, bem, entre a cela de nosso amigo e a liberdade havia uns quartos, cada um perigoso que o outro.


No primeiro quarto havia três ferozes e famintos leões: no segundo, mais de vinte serpentes venenosas esperando que alguma presa caísse: no terceiro, o teto era uma enorme lupa que multiplicava os raios de sol por mil e torrava tudo o que possasse por baixo dela; finalmente, no último quarto esperavam quatro guardiães de uma tribo de canibais que estavam cansados de só comer verdura.


O nosso amigo tinha que ir para Londres, a negócios, depois de alguns dias. Portanto, estudou o assunto e encontrou uma forma de fugir sem sofrer danos irreparáveis.


Como é que ele fez?


Solução: Escapou pela porta do quarto com a grande lupa no teto, mas logicamente à noite, quando a tal lupa tinha a mesma função que a de um teto normal e corriqueiro.

domingo, 4 de outubro de 2009

O PROBLEMA DOS BOATOS

Há alguns anos atrás, pesquisa patrocinada pela empresa americana de consultoria: Towers, Perrin, Forster & Crosby, de New York, faz um levantamento representativo de um universo de 10 mil empregados, no qual foi revelado que 40% deles acreditavam em boatos.

Aliás, a maneira mais rápida, barata e eficiente de se avaliar a qualidade do sistema de comunicações de uma empresa é ouvir, informalmente, o que dela dizem seus funcionários.

Quando não se estabelecem canais adequados de informações descendentes, ascendentes e horizontais, os funcionários da empresa criam e estabelecem seus próprios sistemas informais de comunicações. E é justamente nesse contexto confuso e indefinido que surgem, prosperam e se disseminam os boatos e rumores infundados.

A empresa, função da intensidade e proximidade de contatos interpessoais, é um campo fértil para a proliferação de boatos. Por isso mesmo, a organização deve adotar providências no sentido de diminuí-los sensivelmente.

Sabe-se que é praticamente impossível eliminar de vez os boatos na organização. Entretanto, podem ser minimizados a um nível que não prejudique a produtividade da empresa e o andamento da dinâmica empresarial. Para que isso aconteça, as raízes dos boatos devem ser combatidas, entre outras, pelas seguintes medidas:

* Estruturar um plano adequado eficaz de comunicações aos colaboradores, procurando transmitir segurança, clareza e objetividade quanto às políticas e instruções da empresa.
* Reduzir ao máximo os focos de " profissionais do boato".
* Estimular as comunicações diretas aos colaboradores.
* Na medida do possível, atender às queixas e reclamações legítimas dos empregados.

Audioslave "Vídeo Music"

video

O FUNCIONÁRIO AMADOR "Testes"








Material: Lápis e papel.

Dificuldade: Média

Objectivos:
  • Melhorar a capacidade de concentração.

  • Desenvolver metodologias de trabalho.

Desenvolvimento: Devem ser comparadas duas listas com alguns erros, original e cópia, e tentar encontrá-los e corrigi-los. Pode ser colocado um limite de tempo para realizá-lo.

O meu amigo Miguel teve que servir o Exército em um escritório, embora não fosse muito habilidoso com a máquina de escrever. Batas dizer que o apelido dele era "branquinho".

Certa manhã ele precisou copiar uma lista em código e, claro, cometeu alguns erros. Agora você deve descobri-los, corrigi-los, para ver se assim ele não é castigado.

Original Cópia

ABN120LQ ABNI20LQ

LJI09KR21 LJIO9KR21

UY9RS47M UY6RS47N

W25UHK61 W25VHK61

S13F58BC4 S13E58BC4

8JG13N5M3 8JG13N5M3

Soluções: No primeiro, trocou 0 1 pelo I: o segundo é correto; no terceiro, escreveu 6 em vez de 9 e N em vez de M; no quarto, colocou V onde havia um U; no quinto, colocou E no lugar de F; o sexto está certo.

O mapa mostra a localidade dos visitantes do blog.